Multinacional apresenta projeto de Instalação de Usina de Etanol de Milho em Água Boa

Postado em 27 Junho 2018
por Comunicação de Água Boa
Acessos: 95

A Dedini S/A Indústrias de Base, é uma Multinacional, com conhecimento em tecnologia de alta eficiência, com fabricação própria e fornecimento de equipamentos para instalação de usinas de produção de açúcar e etanol.

Nesta segunda-feira, 25 de junho, representantes da Dedini estiveram em Água Boa, para divulgar a sua estrutura e fornecimento de equipamentos e plantas completas para o setor sucroalcooleiro.

A reunião foi coordenada pelo Engenheiro de Desenvolvimento e projetos da Dedini, Marcílio Nogueira do Amaral Gurgel e com participação do Consultor Financeiro José Eduardo de Oliveira Netto.

A finalidade foi discutir a viabilidade de instalação de uma usina para a produção de etanol de milho.

De acordo com Marcílio Nogueira, Água Boa e a Região do Vale do Araguaia tem grande potencial e vocação para a produção de etanol, levando-se em conta a sua oferta de milho e tendo em vista que, Mato Grosso é o maior produtor do cereal do país.

A tese de investimento em um sistema de usina de etanol tem como principal argumento o crescimento da demanda do produto no Brasil e garantia de maior valor agregado a produção da matéria prima.

Uma usina de etanol de milho com capacidade de produção de 30 mil litros/dia representa investimentos na ordem de 23 milhões de reais. Interessados no projeto podem recorrer às linhas disponíveis de financiamento como, por exemplo, FCO Banco do Brasil e BNDS.

Estiveram presentes a reunião empresários, produtores rurais, vereadores, secretários municipais e convidados.

O Prefeito de Água Boa Mauro Rosa da Silva classificou a reunião como oportuna, por ser mais um fator e uma grande possibilidade de valorização do agronegócio e da cadeia produtiva da Região.  “Em tempo de desenvolvimento, essa é uma boa notícia para os produtores e empresários que possuem condições e interesse de investimento neste segmento. Já temos em Mato Grosso exemplos bem sucedidos de usina de etanol de milho. Se deu certo em outra região, porque não acreditar que, isso possa ser realidade aqui também. Além do etanol, a usina produz ainda o DDGS um subproduto com alto teor de proteína e muito usado para ração animal. É mais uma oportunidade de diversificação, pois também possuímos potencial pecuário”. Disse Mauro.

A possibilidade da instalação da usina de etanol em Água Boa terá novos desdobramentos e ainda será tema de outras reuniões. A idéia despertou o interesse de empresários presentes ao encontro que fizeram vários questionamentos pertinentes a questão social, ambiental, logística, consumo de energia, manutenção e o principalmente sobre o retorno financeiro.