P.A. Jaraguá é a 3ª Agrovila Contemplada com Asfalto

Escrito por Assessoria de Imprensa
às 02 Maio 2016
Acessos: 1495

asfaltojaragua01Na última semana de março começaram os trabalhos de marcação e preparação das principais ruas no entorno central do Projeto de Assentamento Jaraguá, há cerca de 50 km da zona urbana de Água Boa.

asfaltojaragua02O projeto prevê a instalação de mais de 5 mil metros quadrados de asfalto, complementado com meio fio e sarjetas, passando pela frente e fundos das escolas locais e numa parte da Avenida principal, que tem duas vias.

asfaltojaragua03Este já é o terceiro projeto de pavimentação asfáltica das agrovilas do interior do município, tendo iniciado com a Vila Serrinha, em agosto de 2015 e seguindo para o P.A. Santa Maria, em outubro daquele ano.

Hoje o local conta com 420 lotes, um posto de saúde, a Escola Municipal Agrovila Central, a Escola Estadual Técnica Jaraguá, uma quadra poliesportiva coberta e um pavilhão da comunidade, aguardando então a concretização do asfalto e a instalação de uma academia pública.

 

Recape Asfáltico Chega ao Setor Operário

Escrito por Assessoria de Imprensa
às 26 Abril 2016
Acessos: 871

lama01pA equipe responsável pela revitalização das vias urbanas de Água Boa através do recape com a lama asfáltica, que em março já havia coberto 300 mil metros de ruas, esta semana contempla mais um setor, avançando sobre o pavimento do Bairro Operário.

lama02pDe acordo com o Secretário Municipal de Infraestrutura, Caetano Rezende, este é um trabalho de prevenção contra a deterioração natural das ruas, sofrida pelas intempéries e pelo próprio tráfego dos veículos, planejado pelo executivo para manter em dia sua cidade.

lama03pComo todo trabalho de obras, a passagem dessa lama causa um breve desconforto na entrada e saída das residências, mas por pouco tempo. A orientação é de que os transeuntes evitem passar sobre o produto, sob risco de manchar seus veículos e estragar o serviço.

O prazo de cura da lama para o clima local tem sido de 24 horas, quando a equipe remove os cones de islamento e libera a passagem dos veículos sobre o asfalto recapado.

Estado Abre Edital para Manutenção de Estradas em Água Boa e Outros Municípios

Escrito por Assessoria de Imprensa
às 12 Abril 2016
Acessos: 514

proestradasO Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (SINFRA), abriu recentemente o Edital Nº 002/2016 de Pregão Presencial de menor preço por lote para contratação de empresa para manutenção preventiva de mais de 27.000 quilômetros de estradas.

O investimento faz parte do programa da atual gestão Pró-Estradas/Manutenção que visa a conservação periódica das rodovias estaduais e que neste pacote de serviços irá contemplar os municípios de Água Boa, Alta Floresta, Alto Garças, Cáceres, Confresa, Cuiabá, Juína, Sinop e Tangará da Serra.

O pregão presencial será realizado no dia 20 de abril, às 09h00, na Superintendência de Aquisições e Licitações da SINFRA, localizada na Rua-J, Setor “A” do Edifício Engenheiro Edgar Prado Arze, em Cuiabá.

Prefeitura Estimula o Controle Biológico do “Mosquito da Dengue”

Escrito por Assessoria de Imprensa
às 15 Março 2016
Acessos: 596

Por Luiz Omar Pichetti

crotalaria01A Prefeitura de Água Boa, através da Vigilância Sanitária e Ambiental em parceria com a Gerência de Urbanismo estão estimulando formas alternativas de combate ao mosquito causador da dengue, do Zika Vírus e da febre Chikungunya, desenvolvendo o plantio da Crotalária como forma de combate ao Aedes Aegypti.

crotalaria02A Crotalária é uma leguminosa bem difundida e adaptada na região, utilizada nas lavouras para combater nematoides e também como cobertura verde.

Funciona assim: Semeada, a Crotalária desenvolve-se rapidamente e, em torno de três meses, floresce abundantemente. Suas flores atraem a libélula, inseto que coloca seus ovos em águas paradas e limpas, exatamente da mesma maneira que o mosquito Aedes.

LIXO X CONSUMISMO X EDUCAÇÃO

Escrito por Assessoria de Imprensa
às 08 Março 2016
Acessos: 1106

Por: Aurea Soares de Campos

SANEAMENTO01MPensando na História do Lixo, podemos observar, que o lixo existe desde que o mundo é mundo, ou melhor, desde que o homem passou a fazer parte dessa história. Na pré-história, os homens viviam em grupos nômades e alimentavam-se da caça, da pesca e dos vegetais e os restos da refeição, dos ossos, das casca dos frutos, usavam peles e moravam em cavernas, e acabavam deixando em suas cavernas esses lixos, e conviviam com isso no seu limite, e quando não conseguiam mais conviver com aquela realidade eles migravam para outra caverna, e o lixo ou resíduos produzidos por eles eram largados no solo e seguiam o ciclo natural, mas devemos considerar que o resíduos eram basicamente orgânicos e mesmo os que duravam mais tempo para serem absorvidos pelo meio, uma hora isso aconteceria, e acontecia.

SANEAMENTO02MOs anos foram passando, os homens foram mudando e a visão do lixo como problema a ser enfrentado só se firmou no século XIX, quando a Revolução Industrial instituiu um novo patamar de tecnologia, de conforto, de produtos, aguçando assim a necessidade no novo homem para sempre adquirir o novo e o mais moderno, então, os resíduos que eram gerenciados nas casas, nas fazendas, e nas cidades, passaram a ser montanhas de resíduos de todos os tipos, orgânicos, recicláveis, tecnológicos, etc..., assim começamos a perder o seu controle. Desde então o lixo, passou a ser visto como um problema de saúde pública e ambiental, assumindo o seu papel de causador de várias doenças, passando a ser um desafio para a administração pública e para a humanidade.

Praça do Setor Vila Nova Está Sob Reforma

Escrito por Assessoria de Imprensa
às 02 Março 2016
Acessos: 555

vilanovapraca 03A equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura está reformando a Praça do Setor Vila Nova, localizada na tríplice esquina entre a Rua Ipê, com a Rua 31 e a Rua da Represa, de frente ao Posto de Saúde.

vilanovapraca 01Nesta segunda-feira, 29 de fevereiro, começaram os trabalhos de demolição, onde foram removidas as mesas e bancos, desmanchadas a calçada e o parquinho que serão todos substituídos por novos.

O Gerente Municipal de Urbanismo Gilmar Giacomolli explica que a nova praça terá uma academia pública, semelhante as que estão disponíveis em outras praças, além de toda a estrutura de bancos, mesas, parquinho e iluminação adequadas aos padrões atuais.