Água Boa tem o 3º melhor indicador de gestão fiscal dos municípios de Mato Grosso.

Postado em 21 Maio 2018
por Comunicação de Água Boa
Acessos: 1180

Classificação do Tribunal de Contas do Estado avalia critérios e cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e destaca o desenvolvimento do município.

Avaliação do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso demonstra mais uma vez que, a prefeitura de Água Boa conduz de forma coerente e profissional, as questões relativas à gestão fiscal e investimentos públicos.

O município acaba de ser apontado pelo TCE/MT como 3º melhor índice em gestão fiscal, entre os 141 municípios do estado, o que representa eficiência e responsabilidade no cumprimento das ações administrativas e a aplicação correta dos recursos públicos.

Para o prefeito Mauro Rosa da Silva, a indicação do TCE, significa o reconhecimento de sua administração que, entre todas as suas ações tem um grande enfoque ao planejamento e a definição das prioridades de investimentos públicos. “Este levantamento do TCE me deixa muito feliz. O índice só demonstra que o trabalho de toda a nossa equipe realmente segue os trilhos da responsabilidade e vai de encontro com que a comunidade espera. Estamos realmente nos dedicando para realizar um grande trabalho. Estar à frente de 138 municípios, reflete que nossa administração é ativa e progressista; totalmente ao contrário, do que algumas pessoas de maneira negativa tentam passar para a sociedade outra imagem. Água Boa está no caminho certo. Administrarmos para a comunidade e o nosso trabalho não para. Obrigado a todos que contribuíram para dar a Água Boa, mais este lugar de destaque. Este resultado só nos incentiva a trabalhar e fazer ainda mais" Disse o prefeito Mauro

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso desenvolveu o Indicador de Gestão Fiscal dos Municípios, baseado nos cálculos formulados pelo FIRJAN, cujo objetivo é estimular a cultura da responsabilidade administrativa, por meio de indicadores que possibilitem o aperfeiçoamento das decisões quanto à alocação de recursos públicos, bem como maior controle social da gestão fiscal dos municípios.  As informações são extraídas do Sistema de Auditoria Pública Informatizada de Contas

Classificação:

1º Itaúba

2º Tesouro

3º ÁGUA BOA

4º Paranaíta

5º Santa Rita do Trivelato

Acesse o link abaixo e confira o resultado completo e os critérios utilizados pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso

http://www.tce.mt.gov.br/analytics/saw.dll?dashboard&PortalPath=%2Fshared%2FAplic%20IGFM-TCE-MT%20%2F_portal%2Fpainel%20exibicao%20web%2FIGF-M%20-%20Ind%C3%ADce%20de%20Gest%C3%A3o%20Fiscal%20dos%20Munic%C3%ADpios%20de%20Mato%20Grosso&Action=Navigate&P0=1&P1=eq&P2=%22Dim%20Unidade%20Gestora%22.%22Cod%20Municipio%22&NQuser=bipublic&NQPassword=publictce1&P3=510020