SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE: AÇÕES INTENSIFICADAS NO MÊS DE JULHO, “MÊS DE LUTA CONTRA AS HEPATITES VIRAIS” – JULHO AMARELO

Escrito por Saúde
em Saúde
às 06 Agosto 2018
Acessos: 220

Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite pode ser definida como a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. É uma patologia silenciosa que nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. No Brasil as hepatites virais mais comuns são as causadas pelo vírus A, B e C.

Visando o diagnóstico precoce a Secretaria Municipal de Saúde de Água Boa – SMS/AB promoveu a “CAMPANHA DE LUTA CONTRA AS HEPATITES VIRAIS”, chamada nacionalmente como “JULHO AMARELO” contando com ações desde o inicio do mês, com orientações e realização de testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B e C, sendo que, foram contabilizados 224 testes.

De acordo com a Coordenadora da Vigilância em Saúde da SMS/AB Enfermeira Odeny Perego, “Diferente das edições anteriores, esse ano foi promovido uma ação voltada para os servidores da Secretaria Municipal de Saúde, um olhar diferenciado do Secretário Municipal de Saúde Jader Bahia para com a saúde dos seus colaboradores visando o bem estar e valorização dos profissionais.” As ações se pautaram na verificação da situação vacinal, exames de comprovação de imunidade contra o vírus da Hepatite B naqueles que já haviam recebido as 3 doses da vacina há mais de 6 meses como preconizado pelo Ministério da Saúde, os que não tinham o esquema ou não estava completo a realizar a vacina e posteriormente será realizado o exame, concluiu a coordenadora.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que todas estas abordagens estão disponíveis nas Unidades de Saúde Municipais. Para sanar qualquer dúvida procure a unidade de seu bairro, ou a Coordenação de Vigilância em Saúde localizada no Centro Municipal de Saúde, na Avenida Tropical, Nº 344, Centro.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE: HIPERDIA NO BAIRRO UNIVERSITÁRIO

Escrito por Saúde
em Saúde
às 06 Agosto 2018
Acessos: 229

Sob a gestão da Enfermeira Marilaini Tibola, a Estratégia de Saúde da Família – ESF Universitário, realizou na última sexta-feira (03-08-18), o “HIPERDIA”.

Este é um projeto que reúne hipertensos e diabéticos cadastrados na rede pública de saúde municipal para atividades de monitoramento de seus casos clínicos, orientações para qualidade de vida e confraternização social.

Com a participação direta da equipe do Núcleo de Apoio a Saúde da Família – NASF da Secretaria Municipal de Saúde foram realizadas atividades sob a supervisão de educador físico, assistente social, psicólogo, nutricionista e fisioterapeuta.

Para o Secretário Municipal de Saúde Jader Bahia “o programa HIPERDIA é essencial para que pacientes crônicos, especificamente hipertensos e diabéticos, possam obter informações e aplica-las ao dia a dia, de forma a desenvolver hábitos saudáveis impactando em benefícios concretos”.

MUTIRÃO DA SAÚDE NA SERRINHA

Escrito por Saúde
em Saúde
às 03 Agosto 2018
Acessos: 180

Acontecerá na próxima terça-feira (07/08/18), das 08:30 as 15:30, na Serrinha, na Escola Apóstolo Paulo, o MUTIRÃO DA SAÚDE.

O objetivo é ampliar a oferta dos serviços de saúde às comunidades da zona rural, descentralizando as ações de assistência preventiva, realizando a busca ativa de possíveis agravos.

O evento conta com a organização da Secretaria Municipal de Saúde e com o essencial apoio das Secretarias de Educação, Assistência Social, Infraestrutura, Cidade e Meio Ambiente.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROMOVE “OLHAR PREVENTIVO” EM PARCERIA COM A EXPEDIÇÃO NEODENT

Escrito por Saúde
em Saúde
às 03 Agosto 2018
Acessos: 223

Objetivando a democratização e ampliação do acesso da comunidade as ações, serviços e informações em saúde, será realizada na próxima segunda-feira (06/08/18), na Praça da Cultura, a ação “OLHAR PREVENTIVO” executada pela Secretaria Municipal de Saúde de Água Boa – SMS/AB. 

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE: CUIDANDO DO SORRISO DOS ALUNOS DA ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI

Escrito por Saúde
em Saúde
às 03 Agosto 2018
Acessos: 326

Na quarta-feira (01/08/18) a Secretaria Municipal de Saúde de Água Boa – SMS/AB, através da Coordenação de Odontologia, iniciou o programa de acompanhamento, supervisão e profilaxia especificamente voltado a saúde bucal dos alunos da Associação Pestalozzi de Água Boa. A equipe técnica formada pela Odontóloga Andréia Faria, a Auxiliar de Consultório Dentário Ana Flávia e o Coordenador de Odontologia da SMS/AB Fernando Camelo elucidaram práticas e informações básicas e necessárias aos alunos e tutores da escola a fim de efetivar a conservação dos dentes e anexos objetivando qualidade de vida aos mesmos.

Presente no evento, o Secretário de Saúde Jader Bahia, frisou que “a saúde inicia – se pela boca sendo fundamental a conservação bucal para processamento do alimento e ainda mais elevar a autoestima do cidadão”.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE: CAMPANHA OUVIDO NOTA 10

Escrito por Ascom - AB
em Saúde
às 02 Agosto 2018
Acessos: 253

Desde 1º de março de 2018, a Secretaria Municipal de Saúde de Água Boa, tem oferecido através do Setor de Fonoaudióloga, a Campanha Ouvido Nota 10. É uma iniciativa pioneira na região Centro-Oeste, que visa realizar a triagem e diagnóstico audiológico de todas as crianças da rede municipal de ensino. “A saúde auditiva é um dos eixos de ações que tem sido ofertados pelo município com o objetivo de busca ativa e detecções precoces ainda dentro do ambiente escolar, juntamente com demais seguimentos como saúde bucal, detecção precoce de hanseníase, controle de antropometria (peso/altura/bioimpedanciometria), palestras educativas e preventivas em temas diversos, compondo de forma geral o Programa Saúde na Escola,

De acordo com o Secretário de Saúde Jader Bahia, em quatro meses de campanha, já foram examinadas crianças de oito escolas, totalizando 1377 avaliações auditivas. “Temos nos esforçado para descentralizar as ações de saúde em outros âmbitos, e especialmente na Campanha Ouvido Nota 10, percebemos o quanto um diagnóstico rápido, pode favorecer no tratamento, e evitar que crianças estejam passando por dificuldades de aprendizagem na escola, em decorrência de problemas auditivos que ainda não haviam sido percebidos”. Comenta Jader Bahia