PROJETO MISSÃO CALEBE EM ÁGUA BOA, AJUDA ASSISTENCA SOCIAL

Postado em 21 Agosto 2019
por Ascom - AB
Acessos: 282

A Igreja Adventista do Sétimo Dia de Água Boa, como as demais na América do Sul desenvolve um projeto de desafio, acontece nas férias escolares, que é um mês de lazer e descanso, porém alguns adolescentes, Desbravadores, jovens e adultos escolheram curtir as férias de uma maneira bem diferente: fazendo o bem ao próximo, através de um projeto denominado Missão Calebe, esses voluntários realizam ações sociais e espirituais para a sociedade.

É maravilhoso perceber que a Missão Calebe é mais que vestir uma camisa, mas demostrar uma paixão por salvar e servir. O Projeto Missão Calebe, surgiu no interior da Bahia, há aproximadamente 14 anos atrás(2005), quando um grupo idealizou que podia contribuir pela sociedade, bastando para isso ter a coragem e dedicação a missão idealizada. O resultado foi o começo de um projeto que só no ano de dois mil e quinze, envolveu mais de 10 mil jovens na Bahia e Sergipe. Adolescentes e jovens de todas as regiões do Brasil e de mais sete países da América do Sul decidiram dedicar suas férias para realizar ações beneficentes. O programa acontece nos meses de janeiro e julho, período de férias escolares. “No Brasil, quarenta e cinco mil pessoas estiveram envolvidas no mês de julho de 2015. Segundo Areli Barbosa, coordenador do projeto no Brasil e em sete países da América do Sul, “o diferencial do projeto está no fato do jovem contribuir e criar um impacto nas pessoas. “Estamos vivendo em um mundo egoísta. “Quando alguém decide se doar e ajudar o outro, vemos a transformação das pessoas”.

Agora neste ano de 2019, os membros e diretoria do Clube de Desbravadores Alfa do Araguaia, com alguns membros da Igreja Adventista do sétimo dia do Bairro Cristalino, aceitaram o desafio de trocar as férias pelo projeto social, e foram mais longe, passaram a desenvolver o Projeto Calebe Urbano que vai acontecer até o mês de dezembro, com vários projetos. Mas antes de irem a campo, cada voluntário Calebe, recebe um kit individual de apoio e a devida capacitação.

O Projeto Missão Calebe chamou a atenção, por se tratar de uma ação que envolve jovens os quais vivem numa sociedade que apela para o consumo, a individualidade, enquanto que esse grupo na contramão dessa mesma sociedade dedica suas férias, não ao lazer, mas a ações humanitárias. Por outro lado, o meio acadêmico não vem discutindo essa questão tão importante na atualidade, tão pouco os meios midiáticos divulgam esse tipo de ação realizada pelos jovens. Na verdade, os meios midiáticos na contemporaneidade quando o assunto se desdobra para a categoria juventude toda a discussão volta-se para a violência, o uso de drogas, ou ainda a cultura do funk ostentação ou do Rap, ou seja temas que levantam o ibope, que gera sensacionalismo, ou que não vislumbram as potencialidades dos jovens para a transformação da sociedade.  

No Brasil, atualmente, a juventude é definida na faixa etária de 15 a 29 anos, sendo o Plano Nacional de Juventude um dos principais instrumentos de tal definição. Atualmente acompanha-se que no Brasil há uma infinidade de movimentos sociais nos quais os jovens se inserem, na luta por direitos. Por outro lado não se ouve falar de movimento de jovens que lutam por causas humanitárias como é o caso dos jovens Calebe. Sabe-se que os movimentos sociais ao longo da sua história se constituem basicamente para que os direitos sejam respeitados, pois estes já são consagrados legalmente.

Destacamos nossos desafios, a princípio atender algumas famílias com cesta de alimentos, em parceria com a secretaria de assistência social, pelos cadastrados do Programa Criança Feliz, e assim através de oficio solicitamos a parceria com a Secretária Helaine Cristina Santos Barbosa, que aceitou prontamente a ideia.

E assim arrecadamos alimentos de casa em casa nos Bairros Cristalino I II III e IV, Noroeste , Norte, Tropical I, II e III Rodoviário e nos supermercados Machado e Vale Sul ,em que nesta oportunidade agradecemos a todos que nos ajudaram com alegria, e assim conseguimos 40 cestas de alimentos, das quais foram atendidas as 03 famílias que estamos desenvolvendo o projeto social  e 37 cestas para a secretaria municipal de assistência social de agua boa para atender as famílias cadastradas no bolsa família e atendidas através do Programa CRIANÇA FELIZ.  Foram entregues pelos Calebe e a equipe do programa Criança Feliz. (Fotos anexos)

Temos outros desafios, o segundo projeto revitalizar a Praça do bairro Cristalino, também através de parcerias, a Secretaria de Cidade, Gerência de Urbanismo e Secretaria de Educação. 

O terceiro projeto é concluir a casa de uma idosa no Bairro Cristalino antes das chuvas, e neste precisaremos de doações de materiais de construção, já temos a planta, orçamentos, falta as doações desses materiais, temos certeza que os aguaboenses vão contribuir com os Calebe nesta missão importante a essa família. 

Queremos ao final destes projetos nos sentirmos felizes, e que fizemos tudo que podíamos, a cada pessoa que foram de certa forma atendida pelas nossas ações, através da Missão Calebe.