Prefeitura de Água Boa. Campanha de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa

Postado em 25 Outubro 2018
por Ascom - AB
Acessos: 103

Dentro das comemorações do mês do idoso, A Secretaria Municipal de Assistência Social de Água Boa, realizou nesta quinta-feira (25), a Campanha de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa. Diga não a violência.

O encontro foi realizado na Associação dos Servidores Públicos Municipais (ASPM) e contou com a participação do público da terceira idade atendido pelos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos do município.

Para a Secretária Helaine Cristina, o tema é da maior importância. O nosso desejo é que a pessoa idosa seja respeitada e tratada como ela merece. Ainda se discute pouco as questões dos idosos. Este é um momento para falarmos sobre as dificuldades no envelhecimento e debater questões como a violência em todos os seus aspectos.

“Temos o dever e a responsabilidade de desenvolver ações que lutam pela garantia dos direitos da pessoa idosa. Infelizmente a violência está inserida em nosso cotidiano, atingindo principalmente os públicos mais vulneráveis. Neste contexto, inclui-se a pessoa idosa que, diante da sua fragilidade enfrenta maus-tratos, a negligência, a violência física e os abusos. A Secretaria juntamente com CREAS e o CRAS trabalham por melhores condições, na garantia dos direitos e apoio necessários as boas condições dos idosos. Queremos dar vozes, proteção e alternativas sobre como enfrentar a violação de direitos para esse público. Diga Não a Violência”. Disse Helaine

 O encontro contou com a participação de cerca de 100 pessoas da melhor idade. As atividades começaram com as tradicionais boas vindas, alongamento, café da manhã, palestra, almoço e musica para colocar todo mundo na dança. Não faltou diversão.

Ainda de acordo com a Secretária de Assistência social Helaine Cristina, Os idosos que sentirem que estão com os direitos violados, podem procurar por ajuda legal. Para aqueles que não têm recursos para cobrir os custos de um advogado, existem as Defensorias Públicas, que possuem como função oferecer aos cidadãos necessitados orientação jurídica, promover os direitos humanos e defender os direitos individuais gratuitamente.